Kezia Nascimento

Como foi criado o Wi-Fi? 

Nos dias de hoje, “Wi-Fi” pode ser a primeira palavra que pronunciamos ao adentrarmos a um estabelecimento, para, imediatamente, estarmos conectados à uma rede e podermos verificar nossas redes sociais, mandarmos mensagens ou vermos as últimas notícias do dia. Entretanto, você sabe como essa incrível tecnologia que nos mantém conectados à internet foi criada? Não? Então, você chegou no artigo certo! Nós da Americanet estamos aqui para te contar um pouquinho da história desse item que faz total diferença no nosso dia-a-dia. Vem com a gente! 

“Qual é a senha do Wi-Fi?”, “tem Wi-Fi aqui?”, quantas vezes você já se pegou repetindo essas frases? Pois é! A conexão via Wi-Fi tem se tornado uma extensão de quem somos, não acha? Calma, não estamos aqui para fazer juízo de valor. Só queremos que você conheça um pouco mais sobre como surgiu esse modo de conexão que, sem dúvidas, mudou as nossas vidas. Ficou interessado? Continue lendo para saber mais! 

Vá direto ao ponto: 

A velocidade da internet influencia no rendimento do dia-a-dia

A criação do Wi-Fi 

Como já dissemos anteriormente, essa forma de conexão tem se tornado uma extensão de nós mesmos. Tendo em vista que raramente estamos desconectados do mundo virtual, com estabelecimentos, e, até mesmo, automóveis que já aderiram o uso do Wi-Fi para a felicidade de seus clientes e usuários.  

Bom, o desenvolvimento das redes Wi-Fi não é tão antigo. Tudo começou no ano de 1989, quando FFC, ou Federal Communications Comission, o órgão norte-americano similar a Anatel, disponibilizou a autorização para a utilização de três faixas de frequência no desenvolvimento do padrão.  

Um ano depois, em 1990, o Institute Of Electrical and Eletronics Enginners (IEEE), criou um comitê que serviu para definir o padrão da conectividade sem fios, conectividade essa que era uma grande novidade.  

Já no ano de 1997, depois de muito desenvolvimento e pesquisas, os pesquisadores que trabalhavam no projeto, aprovaram o padrão 802.11, que, durante os testes, atingia taxas de transmissão de, no máximo, 1 Mbps. Agora nós podemos achar que era pouca coisa, mas, naqueles anos de estudos para desenvolvimento de uma internet sem fio, bons passos já haviam sido dados e todos estavam bastante empolgados! 

Dois anos mais tarde, em 1999, os padrões IEEE 802.11a e IEEE 802.11b, passaram a utilizar frequências de 2,4 e 5GHz. Assim, foram capazes de atuar com velocidades de transmissão que chegavam a 11 Mbps no padrão 802.11b e 54 Mbps quando se tratava do padrão 802.11a. 

Nos anos 2000, começaram a aparecer os primeiros espaços públicos que disponibilizam a conexão sem fio para os usuários. Esses pontos de internet sem fio, chamados de hotsposts, foram os responsáveis por permitirem o acesso à rede para o público que possuía um dispositivo que fosse compatível. 

Mas o “grande boom” das Wi-Fi aconteceu, de fato, após uma grande rede norte-americana instalar hostposts em seus restaurantes, fazendo com que o padrão se popularizasse rapidamente, não só em pontos comerciais, mas também em bibliotecas, instituições de ensino. 

Quando o Wi-Fi chegou ao Brasil? 

Bem, no Brasil a novidade chegou 10 anos depois de sua criação, ou seja, no ano de 2008, quando equipamentos Androids começaram a se popularizar no país. Assim, os usuários podiam optar por usarem dispositivos que possuíam a nova tecnologia.  

Isso porque, assim como no resto do mundo, a internet móvel não era mais capaz de oferecer a velocidade desejada que se encontrava nas conexões Wi-Fi. Então, o uso cada vez mais crescente dos smartphones, também contribuiu para a popularização das redes Wi-Fi.  

A medida que as operadoras perceberam a mudança, passaram a oferecer modems com Wi-Fi em regime comodato, então, o público brasileiro passou a ter ainda mais acesso às conexões sem fio, até chegarmos às velocidades e a popularização que temos hoje em dia.  

Planos Americanet 

Agora que você conhece um pouco mais sobre a história do surgimento do Wi-Fi, por que não aproveitar para conhecer um plano de internet que pode te oferecer o melhor da conexão e da velocidade? 

Sim, nós estamos falando dos planos Americanet! Com a assinatura de um nossos planos, você pode começar a mudar a sua forma de estar conectado na rede, com uma internet de fibra óptica, a última das tecnologias e rede Wi-Fi grátis para você não precisar passar por perrengues e situações desagradáveis como queda de sinal, filmes que demoram horas e horas para carregar, videochamadas que travam no meio, e todos os outros problemas que já conhecemos quando não se faz uso de uma internet de qualidade. 

Para saber mais, convidamos você a acessar nosso site oficial e conferir os detalhes de cada plano e de cada combo. Sem dúvidas, temos um plano que cabe perfeitamente no seu bolso e pode resolver todas as demandas da sua rotina na internet.  

Ficou interessado? Então, não perca tempo e fale com um de nossos atendentes que estão te esperando em nosso site. Não fique de fora dessa! Vem para o melhor!